Dúvidas? Contate-nos
(51) 98249-6990

Precisa de ajuda?
0800.0061240




ATENDIMENTO: segunda à sexta, das 8h às 12hs e das 13 às 18h. Sábados das 8hs às 12 hs (51) 3334.5573 | atendimento@espetoflex.com.br Internet 24HS

O churrasco perfeito

Você sabia que o jeito de cortar a carne pode significar a diferença entre um bife macio e um bife mais duro? Descubra aqui um importante segredo, detalhe a que pouca gente presta atenção, mas que faz uma diferença enorme na maciez da carne.

"Corte as carnes sempre no sentido contrário ao das fibras."

Como se faz isso? Basta posicionar a lâmina da faca em relação às fibras de modo que forme com elas um ângulo de 90 graus (sentido transversal). Esse procedimento garante que a faca faça o trabalho mais difícil (o de cortar as fibras), deixando ao dente o trabalho mais fácil (o de apenas separar as fibras). A título de esclarecimento, aquilo que chamamos de fibra da carne é, na verdade, um feixe ou fascículo de células musculares.

Infelizmente nem todo açougueiro sabe disso. Por isso, se você observar que a carne não está sendo cortada dessa maneira, ensine ao profissional esse pequeno segredo.

Tenha cuidado ao cortar a carne no churrasco, pois, se ela ainda estiver no espeto, a tendência será cortá-la paralelamente a ele, o que, muitas vezes, não é o ideal (por não estar necessariamente no sentido contrário ao das fibras).

Prefira sempre as facas sem serra, pois a serra rasga a carne. Use sempre facas com lâminas bem afiadas e, para cortar, faça que deslizem na carne com uma leve pressão.

1. A carne deve ser selada, ou seja, tostada rapidamente em toda a superfície para que os sucos permaneçam nela.

2. Comece a grelhar a carne na parte mais quente da churrasqueira, tostando de todos os lados. Depois, na parte do braseiro menos intenso, asse-a até chegar ao ponto desejado.

3. A gordura, principalmente no caso da picanha, fica para cima. Só no fim é que deve ser virada para derreter.

4. Para descobrir o ponto da carne sem cortar, pressione-a com as costas de um garfo. Regra geral: quanto mais macia, menos passada; quanto mais firme, mais passada.

5. Nas carnes em postas, não saia do lado da churrasqueira em hipótese alguma. Se descuidar, passa do ponto.

6. A brasa é linda, mas traiçoeira: pode apagarou, se pingar gordura derretida, virar labareda e queimar a carne.

7. Para apagar o fogo de vez, use as cinzas do churrasco anterior.

8. Para reavivar a chama, basta mexer um pouco comum pedaço de pau, que a cinza cai e a brasa fica mais forte.

9. Carnes marinadas devem ser regadas com o molho do tempero durante o preparo. As que forem temperadas com sal grosso devem ter o excesso removido antes de serem colocadas na grelha.

10. Não salgue carnes com antecedência. O sal facilita a exsudação, tornando a carne mais seca.

11. Algumas dicas anteriores podem ser facilmente resolvidas usando o Espeto Giratório EspetoFlex. As dicas foram dadas para casos em que o Churrasqueiro precisa virar manualmente os espetos. Nos casos de uso da Churrasqueira Giratória, ou Espeto Giratório, a maioria dos riscos da carne passar, ficam eliminados, pois a carne fica sempre girando, numa velocidade constante.

Bom Churrasco

O churrasco é uma das comidas mais saborosas que existem. Ele é comida típica daqui do Rio Grande do Sul e nós gaúchos consideramos que somente nós sabemos como fazer churrasco de verdade. Mas nós não somos egoístas, podemos ensinar como faz ;-)

5 dicas de organização para preparar um churrasco:

1. Certifique-se de quantas pessoas irão ao seu churrasco: homens, mulheres e crianças.

2. Deixe todos os acessórios preparados de preferência no dia anterior: a faca deve estar bem afiada, o carvão seco e em quantidade certa.

3. Lembrar se entre os convidados não tem nenhum diabético; para que você não esqueça de refrigerantes diet.

4. Sempre compre um pouco mais de carne e bebidas, nunca se sabe quem vai resolver trazer aquele amigo novo ou a namorada.

5. Teste a direção do vento para posicionar a churrasqueira

Os 6 melhores tipos de carne para fazer um churrasco suculento:

Gurizada, um churrasco bom de verdade também depende do tipo de carne usada! Quer saber quais os melhores? Aí estão!

1. Picanha

2. Alcatra

3. Filé

4. Contra-filé

5. Costela

6. Frango

8 produtos para você fazer um bom churrasco:

Um bom churrasco não depende apenas da carne, e nem do churrasqueiro, mas também da qualidade dos produtos que se usa. Eu, como gaúcho, conheço os melhores produtos para fazer churrasco, era segredo de família, mas vou contar pra você!

1. Espetos para churrasco

2. Faca para churrasco

3. Churrasqueira móvel

4. Tábua para cortar carnes

5. Batedores de carne

6. A melhor marca de carvão

7. Sal grosso que melhora o sabor

8. Temperos especiais para churrasco

7 dicas para assar um bom churrasco

1. Antes de meter as carnes na churrasqueira, lembre-se de que o fogo deve estar bem formado e estabilizado. Nada de labaredas ou fumaça em excesso!

2. Preste atenção na temperatura da carne antes de levá-la à churrasqueira. Se ela foi congelada, deve ser descongelada antes e estar em temperatura ambiente ao ir para o fogo.

3. Como aplicar o sal grosso? Ele deve ser distribuído por todo o corte, retirando-se o excesso enquanto a carne estiver assando. O sal não deve estar úmido.

4. O espeto deve estar a 40cm do fogo, para proteger a carne das altas temperaturas das churrasqueiras e evitar que fique seca.

5. As labaredas não devem estar altas para não entrarem em contato com a carne, não secá-la demais e nem carbonizar a superfície. Para conter as labaredas, nunca jogue água, pois senão a churrasqueira perde muito calor.

6. Quando achar que a carne está pronta, retire-a do fogo e corte um pedaço para ver o corte internamente. Fatias finas aumentam o sabor do churrasco.

7. Lembre que um bom churrasco envolve todo um ambiente de confraternização e alegria e, por isso, não pode ter pressa. É preciso respeitar o tempo de preparo de cada corte, evitando-se acelerar ou retardar o processo.

Seja você gaúcho, paulista, paranaense, catarinense, mineiro ou de qualquer outro lugar do Brasil: O Churrasco é uma comida universal e estamos todos irmanados em difundir as melhores técnicas, dicas e segredos.

Se tiver uma dica especial, envie através do atendimento@blogpresentelegal.com e teremos o prazer de publica-lo, citando seu nome.

Um baita abraço

Algumas dicas para comprar uma carne de qualidade:

- A cor da carne é muito importante, devemos evitar carnes vermelho escuro, prefira vermelho puxando pra rosado.

- Existem cortes mais claros e mais escuros, dependendo se a região do boi é mais ou menos irrigada de sangue (a picanha e o vazio são das mais irrigadas, macias e suculentas).

- No caso da carne de costela prefira com ossos pequenos e arredondados, pois são de novilho. Já a carne de costela com ossos grandes e achatado são de carne velha na certa!

- Já a gordura da carne tem que ser cor de manteiga, pois amarelo escura são de animais velhos, e gordura muito branca é carne de búfalo.

- Se puder enfie o dedo na carne e sinta a sua firmeza/maciez, esse é o melhor jeito de verificar se a carne pode ser assada.

- Se não encontrar a carne que você queria do jeito certo, procure outro corte ou ataque de carne maturada, dessas embaladas à vácuo, que são amaciadas na marra e tem procedência garantida.

- Não se esqueça de abrir o pacote uma meia hora antes de ir ao fogo, para tirar o "cheirinho" característico (costumo passar essa carne em água corrente).

Fogo de chão o autêntico, tradicional e primal. Deve ser feito com lenha e muita paciência e prática. A principal vantagem da carne assada dessa maneira, é a de não ter a fumaça gerada pelo pingar da graxa, nas brasas. O sabor é outro!

Tanque de Tijolos, para médios e grandes churrascos. Fácil de fazer. Para quebrar galho em churrascos maiores nem precisa de cimento.

Meio Tonel numa armação de ferro, proporciona uma churrasqueira ótima para todos tipos de assado. É a churrasqueira de camping aumentada para se fazer um autêntico assado. Muito prática, pois pode ser mudada de lugar, no caso de ventos e de chuviscos inesperados.

Churrasqueirinha de Camping: para linguiças, coxinhas, e coisas pequenas demais para serem consideradas churrasco. Algumas de tamanho GGG poderiam ajudar a se cometer um assado mais modesto.

A tradicional churrasqueira de Parede, é a rainha das garagens gaúchas. Difícil é achar alguma onde a relação: tamanho da boca x profundidade x altura do fogo x apoio de espetos, seja adequada. Diz uma regra de construção que a boca deve ter o dobro da área do buraco da chaminé, que deve ser bem alta para ter um bom "puxe"da fumaça evitando o desagradável "rebojo".

Tipo especial é a Lareira com lugar para espetos de pé. Muito interessante em lugares frios.

As churrasqueiras tipo "Parilla", são comuns no sul do Rio Grande, e padrão no Uruguai e Argentina de onde foram importadas. Utilizam grandes grelhas inclináveis, e fogo de lenha é feito ao lado ou no fundo, e vai se puxando a brasa para debaixo do assado. O fogo da lenha puxa a fumaça, eliminando o gosto da fumaça. Para experts.

Hoje em dia, sabemos que os churrascos que comemos em Churrascarias são TODOS com o uso de churrasqueiras giratórias.

É prática, moderna, garante sempre um assado uniforme e parelho, sem necessitar da "mão" do assador, embora alguns experts em churrascos não abrirem mão dessa característica.

Particularmente, eu prefiro um churrasco perfeito e sem riscos de dar errado.

Reunir os amigos, a conversa boa, a amizade e colocar tudo isso em risco por causa de uma "esquecida" de virada da carne... Não obrigado. Prefiro a segurança e a garantia da churrasqueira giratória.

Mas aí vem a parte triste: Preço e Manutenção. Para instalar uma churrasqueira giratória, partimos de no mínimo R$ 1.300,00(das boas e que funcionam). Por lidar com fogo alto e na presença de sal, a manutenção tem que ser pelo menos 2 vezes por ano. Significa desmontar toda, lavar, lubrificar e recolocar. Normalmente, serviço terceirizado.

Com a criação do EspetoFlex(o espeto é quem gira e não a churrasqueira), os custos baixaram muito. Tanto o custo de instalação, quanto a manutenção (que no caso dos espetos é zero).

Veja o vídeo dos espetos funcionando na nossa página principal.

E, livre-se do risco de deixar o assado passar do ponto. Mostre sempre uma carne vistosa, macia e suculenta. Fica aqui a dica.