Os melhores cortes para fazer um churrasco impecável

Que nós amamos churrasco isso já não é mais nenhuma novidade, não é? Definimos um bom final de semana como aquele com um bom churrasco servido, feito em casa, no clube, no vizinho, na casa família, enfim, o importante é assar a carne! Mas será que você sabe nos dizer quais são os melhores cortes para cada ocasião? Bom, se não souber, não tem problema. Estamos aqui para ajudar, mostrando nesta publicação, quais são as peças indispensáveis para preparar um churrasco impecável.

Continue lendo “Os melhores cortes para fazer um churrasco impecável”

Dicas para quem vai fazer um churrasco sozinho

Dizem por aí que fazer um churrasco sozinho não é legal, pode ser triste e alguns meses atrás até viralizou um post nas redes sociais de um açougueiro solitário fazendo o seu churrasco sem amigos. Tudo bem que familiares e amigos tornam o churrasco uma experiência completa e muito mais rica e divertida, até porque sempre tem alguém para contar estórias. Porém, não significa que você não pode fazer um churrasco sozinho e aproveitar o seu momento, curtindo uma carne bem preparada e o prazer de preparar sua refeição com muito bom gosto.

Continue lendo “Dicas para quem vai fazer um churrasco sozinho”

Dicas valiosas para fazer um churrasco fora de casa

Tudo fica mais divertido se tiver aventura e carne assada

O bom e velho churrasco é preferência em todos os estados brasileiros, adoramos uma desculpa para reunir os amigos, a família e sentir aquele aroma incomparável da carne assando, não é mesmo? Seja com ou sem música, com cerveja, chimarrão ou refrigerante, com pão de alho e salada no acompanhamento ou apenas a carne vermelha, o que importa é que todos nós amamos churrasco!

Continue lendo “Dicas valiosas para fazer um churrasco fora de casa”

O que combina com churrasco

Quando você prepara um churrasco, a carne é estrela da festa, mas ela não precisa estar sozinha. Afinal, churrasco bom é churrasco farto. Por isso, veja alguns acompanhamentos que você pode oferecer junto com a carne para os seus convidados:

Continue lendo “O que combina com churrasco”

Conheça os pontos da carne e saiba como prepará-los

Dicas para um churrasco que agrada todo mundo

            Um dos pratos favoritos dos brasileiros é a carne bovina. Rica em proteínas pode ser combinada com diversos ingredientes e ainda, sem precisar de acompanhamento algum, a carne vermelha no ponto certo para cada gosto é uma excelente pedida nos churrascos. Mas como preparar um corte mal passado, bem passado, no ponto e como saber identificar cada um deles? Vamos falar um pouco de cada maneira de preparar um corte e você decide qual deles é melhor para seu gosto e já prepara o carvão, os espetos, a grelha e um tempinho para testar e preparar essas maravilhas.      

Continue lendo “Conheça os pontos da carne e saiba como prepará-los”

Monte seu Kit Churrasco

Que nós somos apaixonados por churrasco todo mundo já sabe. Mas além de gostarmos de churrasco, queremos multiplicar o conhecimento e permitir que todo mundo seja capaz de assar uma boa carne sem maiores dificuldades. E para te ajudar nessa missão, listamos abaixo os itens que você precisa ter no seu kit churrasco.

Continue lendo “Monte seu Kit Churrasco”

As melhores carnes para churrasco

Domingo é dia de churrasco entre os amigos ou a família. Um bom churrasco incluir reunir as pessoas, colocar uma boa música e aproveitar o dia.

Mas nada vai bem se você não souber escolher a carne certa para levar à churrasqueira. Por isso, separamos neste artigo as 10 melhores carnes para você preparar um churrasco perfeito.

1. Picanha

A campeã no ranking dos churrasqueiros. A picanha é uma carne macia e suculenta, de cor avermelhada com uma grossa capa de gordura que possui um sabor incomparável. A peça deve ter no máximo 1,3kg e é servida ao ponto ou mal passada.

carnes para churrasco

2. Costela

Corte clássico do churrasco gaúcho, a costela de porco ou de boi tem um sabor indescritível. É encontrada em duas versões: costela ripa e costela ponta de agulha ou minga. A primeira tem a carne mais seca e ossos maiores, a segunda tem mais gordura e carne entre os finos ossos. Ambas devem ser servidas ao ponto.

3. Fraldinha ou vazio

É a ponta da agulha ou da costela. Esta carne tem pouca gordura e essa parte deve ser retirada na hora de servir. É um corte leve e macio que precisa ser assado com cuidado, pois passa do ponto com facilidade e rapidez. Para servir, elimine o excesso de sal grosso e corte em pedaços grossos.

4. Maminha

A maminha tem pouca quantidade de gordura e por isso uma carne leve e suculenta. Pode ser preparada no espeto ou na grelha e temperada apenas com sal grosso. Deve ser servida entre mal passada e ao ponto e fatiada aos poucos em fatias finas. Se passar do ponto, pode ter o sabor alterado.

carnes para churrasco

5. Alcatra

É uma boa alternativa ao preço da picanha, mas igualmente é um carne nobre e saborosa para o churrasco. Macio e com pouca gordura, a alcatra fica pronta rapidamente, em menos de meia hora. É preparada preferencialmente na grelha, mas pode ser assada no espeto em fatias de cerca de 8 cm ou em pequenos cubos no EspetinhoFlex, aquele acessório que assa com palitos de madeira no EspetoFlex.

6. Filé mignon

O filé mignon não é uma das carnes mais procuradas para o churrasco por ser o mais nobre dos cortes. É uma carne macia e com sabor levemente adocicado. Prepara-se na grelha em pedaços grandes ou peça inteira. Também é utilizado para compor o espetinho ou xixo, que fica uma delícia entremeada com pedaços de cebola ou pimentão.

carnes para churrasco

7. Contrafilé

Este corte é suculento e um dos mais macios e adequado para uso em grelhas. O contrafilé é a carne ideal para quem gosta de mal passado e deve ser servido em bifes grossos ou picado. Para prepará-lo, retire o nervo da lateral e asse em alta temperatura para não endurecer a carne.

8. Miolo da Alcatra

O miolo da alcatra é uma carne com pouca gordura, leve e saborosa, por isso é muito macia. É muito querida pelos churrasqueiros por seu sabor acentuado e rápido preparo. Deve ser cortado em peças maiores e preferencialmente preparado na grelha, preferencialmente.

9. Chuleta

A chuleta é um corte muito saboroso e entremeado de gordura. Deve ser temperada apenas com sal grosso e assada na grelha. Fica pronta em cerca de 15 a 20 minutos, precisando ser virada na metade do tempo, quando o suco da carne “brotar” na superfície.

carnes para churrasco

10. Cupim

Um clássico do nosso churrasco, o cupim tem preparo lento e é uma carne bastante fibrosa. Tem um sabor característico e costuma ser servido junto a acompanhamentos e pratos de entrada. Pode ser assada enrolada em papel alumínio para distribuir melhor o calor na peça.

 

Agora que você já conhece os melhores cortes para preparar um belo churrasco, adquira os espetos giratórios e acessórios, como grelha flex e EspetinhoFlex para facilitar sua vida.

O churrasco gaúcho

O churrasco gaúcho é único. Sem dúvida somos os melhores assadores do planeta. Mas também somos democráticos e queremos que todos no Brasil conheçam os segredos. Mas esse título não é obra do acaso. O churrasco gaúcho tem alguns segredos. Você sabe preparar um churrasco de primeira? Veja alguns dos segredos para tornar você o melhor churrasqueiro da turma.

churrasco gaúcho

A escolha da carne

Um bom churrasco começa pela escolha da carne ideal. Para o típico churrasco gaúcho, a carne não pode ser muito magra, de preferência aquelas com a gordura clara.

Quando a carne é de um animal velho, os cortes ficam escuros e a gordura em tom amarelado.

Carnes muito duras não servem para ser assada no fogo, verifique a maciez apertando levemente a carne. Os cortes embalados a vácuo costumam manter a carne fresca por mais tempo.

As facas

Um corte errado pode estragar a carne. Por isso, verifique se suas facas estão bem afiadas e com boa empunhadura para o manuseio. As facas para carne não devem ser usadas para outros fins. E na hora de guardá-las, deixe em uma bainha de couro para proteger o fio. Ter uma faca grande, com mais de 30 cm, facilita a vida do assador.

O fogo

Um fogo bem feito é essencial para o churrasco gaúcho típico, pois um fogo fraco ou uma alta labareda podem estragar sua carne. Acesa o carvão antes de colocar a carne e espere ele liberar a fumaça inicial, que deixa gosto e cheiro ruins na carne. Espere as chamas cessarem e coloque a carne quando uma camada de cinzas se forma sobre as brasas. Espalhe um pouco a brasa na churrasqueira e leve a carne ao fogo.

churrasco gaúcho

Altura da carne

Esse é outro ponto crucial para um churrasco gaúcho perfeito. A carne muito perto do fogo queima por fora e fica crua por dentro, enquanto a carne colocada longe demais do fogo cozinha sem o sabor característico do churrasco. Sua carne estará na altura ideal quando a gordura pinga na brasa sem levantar labaredas.

Tempero

Para preparar o típico churrasco gaúcho, o único tempero utilizado é o sal grosso. Salgar a carne ainda crua pode deixá-la seca e dura. Coloque a carne no fogo sem sal e só tempere depois que ela pegar cor.

churrasco gaúcho

Espetos

Os espetos são melhores para carnes menores, como medalhões e costela. As grelhas servem para picanha, maminha e outras peças grandes. Para um churrasco bem assado e sem esforço, conte com os espetos giratórios e acessórios da Espetoflex, pois eles giram a carne o tempo todo, evitando assar um lado mais do que o outro, tarefa que tem que ser vigiada de perto pelo churrasqueiro, quando não dispõe de espeto giratório.

Como temperar os diferentes tipos de carnes

Mesmo com esse frio todo do Sul, sempre rola um churrasco, não é mesmo? Seja um churrasco de aniversário, de futebol, de domingo com  a família e amigos, ou porque churrasco é sempre bom!

Mas ha uma dúvida frequente em muitos churrasqueiros de fim de semana, que é: como temperar determinado tipo de carne? E qual a melhor forma de assar a carne, no espeto ou na grelha?

Segundo alguns churrasqueiros profissionais dizem que têm pelo menos dez tipos de carne que podem ser usadas para fazer churrasco. Por isso preparamos um artigo para esclarecer todas essas dúvidas.

Tipos de carnes:

1 – Picanha

picanha temperos para a carne

A mais respeitada e pedida carne do churrasco tinha que vir primeiro. É a queridinha dos brasileiros por ser suculenta e fácil para temperar, a picanha, pode ser temperada somente com sal grosso, alho e se preferir algumas ervas.

A carne tem uma generosa camada de gordura, fazendo com que ela fique mais saborosa. A picanha pode ser assada na grelha ou no espeto, tomando o cuidado de selar os dois lados para que a carne fique mais suculenta e saborosa. Um espeto giratório, além da comodidade, ajuda a manter o suco da carne deixando ela com aquele sabor de carne de churrascaria.

2- Fraldinha

fraldinha tempero para a carne

Essa é uma alternativa mais leve, quase sem gordura é uma carne também mais saudável e fácil de temperar. Para aqueles que gostam de um tempero a mais na carne, essa é a ideal, pode ser temperada com sal, manteiga, limão e suco de laranja, para deixar a carne mais suculenta coloque ervas finas como tomilho e deixe marinando por no mínimo seis horas.

A fraldinha pode ser assada no espeto ou na grelha, mas se caso for seu primeiro churrasco e ainda esta em duvida da maneira certa de colocar essa carne no espeto, prefira a grelha e enrole-a no papel alumínio.

3 – Coração de Galinha

coração de galinha tempero para a carne

Esse maravilhoso aperitivo, que não pode faltar, enquanto você espera as outras carnes assarem e fácil de temperar e você pode usar salsinha, sal e azeite.

Sempre é bom deixar marinar por ao menos seis horas antes de assar. A melhor forma de assá-lo é no espeto.

4- Costela

costela tempero para a carne

Ela pode ser de porco ou de boi sempre vai ter um destaque no seu churrasco, por demorar um pouco mais para assar, ela precisa de uma atenção maior no manuseio do fogo e um pouco mais de conhecimento na arte do churrasco.

Pode ser temperada com sal grosso apenas, como também aceita os mais elaborados temperos, um exemplo deles é o molho barbecue.

5- Miolo de Alcatra

miolo de alcatra tempero para a carne

Esta é outra carne leve, com pouquíssima gordura e rápida de preparar. Ideal para começar os trabalhos e não deixar seus convidados com fome.

Ela pode ser temperada com alho, caldo de carne, pimenta-do-reino e sal a gosto. A melhor forma de assar, no churrasco, essa carne é na grelha, mas também pode ser feita em tiras na frigideira para um almoço rápido.

6- Maminha

maminha tempero para a carne

A maminha segue o mesmo jeito da picanha, uma grande camada de gordura que deixa a carne mais suculenta, macia e saborosa. Com ela você pode caprichar no tempero como o sal grosso, cheiro verde, azeite, cebola e alho, para o tempero pegar bem na carne pode bater os temperos no liquidificador e deixar marinando, se o corte for pequeno, deixar ao menos 6 horas se for grande 12 horas.

Esta carne pode ser assada no espeto giratório, mantendo a suculência da carne não deixando ela seca, e na grelha, mas cuidado com o ponto.

7-Asinha de Frango

assinha de frango tempero para a carne

Indispensável no churrasco, tanto a asinha como coxinhas também, a carne branca é mais leve e serve de petisco pra o inicio do churrasco, podendo ser acompanhada de molhos como mostarda e mel ou até mesmo o barbecue.

A asinha de frango tem que ser assada na grelha e tem que esta sempre bem passada.

8- Contra filé

contra filé tempero para a carne

Esta é a carne para os que amam a carne sangrando, bem mal passada, o seu sabor fica acentuado nesse ponto quase cru. O tempero fica por conta só do sal e limão e é bom deixar marinando por algumas horas.

Pode ser assada na grelha ou no espeto é bom ficar atento para ela não secar ao assar muito.

9 – Bisteca

bisteca tempero para a carne

Ou chuleta é retirada do contra filé, essa carne é cortada em bifes por causa de seu osso. Pode ser temperado com uma variedade de temperos, use sua criatividade, misture temperos prontos sal e limão, assim como também azeite, alho e tempero baiano.

Esta carne é fácil de assar e pode ser feita tanto na grelha, na churrasqueira, como em frigideira, forno e chapa e ela geralmente se mantem macia e suculenta mesmo depois de assada.

10 – Cupim

cupim carne tempero para a carne

Última e não menos importante o cupim precisa de uma atenção especial, por ser uma carne mais fibrosa e com gordura, ela demora um pouco mais para ser assada, aconselha-se até enrolar ela em um papel alumínio para o cozimento ser mais eficiente.

Outra carne que pode abusar no tempero use alho, sal, temperos prontos de sua preferencia, uma dica e bater todos no liquidificador com um pouco de vinagre e fazer furos por toda a carne e deixar marinando por algumas horas.

Agora é só correr para o mercado, ligar para a família e para os amigos e curtir o melhor churrasco.

Em caso de dúvidas ao melhor tipo de espeto não deixe de nos procurar. A ESPETOFLEX tem os melhores espetos giratórios 100% inox sempre levando qualidade e comodidade para você.

Qual a diferença entre espeto giratório elétrico e espeto giratório a pilha

Encontre o melhor utensílio para o seu churrasco

Nós AMAMOS churrasco e não negamos este fato em momento algum! Por isso, pensamos em como aprimorar a experiência do brasileiro, fã da arte das carnes assadas, no seu lazer favorito: preparar um bom e velho churrasco. Como? Criamos um utensílio que facilita a vida do churrasqueiro e aprimora o sabor da carne: o espeto giratório movido a pilhas.

            Os espetos giratórios são simplesmente ferramentas sensacionais porque trabalham em movimentos constantes, permitindo que a carne asse em todas as direções por igual e ainda dá um descanso para o mestre responsável pelo preparo do churrasco.

            Mas existem espetos giratórios elétricos por aí, e nosso artigo de hoje foi feito para te explicar as principais diferenças entre o espeto giratório elétrico e o espeto giratório a pilha. Vamos lá!

1)   Praticidade e mobilidade

diferença entre espeto giratório elétrico e espeto giratório a pilha

Os espetos giratórios elétricos funcionam conectados a uma tomada para o uso da energia elétrica e por isso, ficamos limitados ao espaço que prepararemos o churrasco e impossibilitados de assar carnes em ambientes externos. Os espetos giratórios a pilha, como o nome já diz, usam a energia das pilhas para funcionarem. Facilitando a mobilidade e a praticidade do seu churrasco.

2)   Economia de energia

O uso dos espetos elétricos gastam uma energia constante e o custo benefício não é muito bom. Já os espetos giratórios a pilha, podem funcionar por até 50 horas usando pilhas alcalinas e 20 horas usando pilhas comuns! Sensacional, não é mesmo?

3)   Segurança e tranquilidade

espetoflex espeto giratório a pilhas

Aparelhos eletrônicos tendem a dar problemas um dia ou outro. Existe toda a questão da voltagem e da fiação do local que você irá utilizar o seu espeto rotatório e preparar o churrasco. Digamos que você vá visitar sua família no interior do estado e lá a voltagem é diferente da sua casa, o espeto giratório elétrico teria o limitado neste ambiente. Já o espeto giratório a pilha funciona em qualquer lugar. Basta ter as pilhas abastecidas e não esquentar a cabeça com o funcionamento ou com riscos de uso de energia.

E aí? Conseguiu tomar a decisão de qual espeto giratório adquirir? Fale com um de nossos representantes de vendas e eles te mostrarão as opções que melhor se enquadram no seu churrasco. Clique aqui